Search Day Night
3628 Followers

HAIR OILING – LUBRIFICAÇÃO DO COURO CABELUDO

Total
0
Shares

Olá meus amores, tudo bem com vocês?! No post de hoje vamos falar sobre lubrificação do couro cabeludo, O que é, como fazer, quais óleos usar? A lubrificação nada mais é do que a aplicação de óleo vegetal no couro cabeludo, é uma prática ancestral indiana baseada na Ayurveda. Ela evita o ressecamento dos fios e do couro cabeludo, equilibra a oleosidade natural, fortifica e deixa os cabelos macios, brilhantes e encorpados.

  • Hidrata e nutre o couro cabeludo
  • Melhora a saúde do couro cabeludo e reduz a caspa
  • Estimula o crescimento do cabelo
  • Reduz as pontas duplas
  • Fortalece os fios
  • Reduz o frizz e previne a quebra

RETIRADO DA INTERNET

De acordo com a dermatologista Candace Spann, é “um processo de infundir óleos naturais em seu cabelo para restaurar o brilho e hidratar o cabelo”, ao Cosmopolitan.

Hair Oiling em inglês ou Lubrificação Capilar em português é uma  tratamento normalmente feito antes do banho, consiste em usufruir dos poderes regenerativos dos óleos naturais ao aplicá-los em seu couro cabeludo e cabelo para nutrí-los e hidratá-los.

“Isto reduz o ressecamento e fortifica seus cabelos, deixando seus cabelos mais viçosos, encorpados e macios”, diz Ananta Ripa Ajmera, uma praticante certificada de medicina ayurvédica e diretora do The Well, um centro de saúde ayurvédica em Nova York. Em textos ayurvédicos tradicionais, o óleo de gergelim é recomendado para as estações mais frias, enquanto o óleo de coco é indicado para as mais quentes – isto por conta de seus efeitos de aquecimento e refrescância, respectivamente.

Para potencializar seus benefícios, você pode fazer uma infusão de ervas ayurvédicas – como hibusco que encorpa, amalaki que estimula o crescimento, bhringraj antimicróbios ou o brahmi que protege – ao óleo óleo, indica Ajmera. Além de cobrir o comprimento de seus fios de óleo, uma massagem (no couro cabeludo, têmporas e pescoço, com a ponta de seus dedos) é parte integral e de liberação da experiência. “Isso ajuda a esfoliar, hidratar e melhorar a circulação do couro cabeludo.

Desta forma você está indo direto à raiz da saúde do seu cabelo”, explica Divya Viswanathan, fundadora da marca de beleza ayurvédica Taza. “Acredita-se também que esta massagem ativa o sétimo chracra, o da coroa, que está conectado à glândula pineal, que trabalha para acalmar a mente.” Indo além da beleza, passar óleo nos cabelos é uma tradição de estreitar laços que vem passando de geração para geração.

“Todo verão, nossa avó costumava vir da Índia com esses ingredientes ayurvédicos, e fazia essas poções naturais para os cabelos enquanto nos contava fábulas antigas – era hora de cuidar dos cabelos e de história”, explica Akash Mehta, que junto com sua irmã Nikita fundou a marca Fable & Mane, uma linha de produtos de cabelo inspurada por rituais indianos e Panchatantras – histórias antigas de animais – que cresceram ouvindo.

“Há alguns anos, meu cabelo começou a cair, então comecei a ir até a cozinha e misturar os óleos que minha avó usava. Eles funcionaram muito bem”, explica Nikita sobre o catalista por trás de sua marca, que terá parte de sua renda revertida para a conservação de tigres na Índia.

“A vida é tão acelerada; eu realmente queria voltar para essas tradições caseiras antigas que se tornaram a missão da nossa marca.” Com seu óleo de textura leve HoliRoots, um tratamento de pré-lavagem turbinado com a erva anti-inflamatória ashwagandha, a raiz de efeito regenerativo dashmool e óleo de castor (que estimula a circulação), a dupla criou um tratamento “de raiz para raiz” que pede que seus usuários o usem como parte de um ritual de relaxamento, de meditação. Melhor ainda, elas encorajam que você envolva outro membro de sua família no processo, administrando o tratamento ao mesmo tempo em que cria um laço mais íntimo e reforça o senso de calor humano.  “o tratamento dos cabelos com óleos pode ser novo para muitos, mas seus benefícios vêm sendo provados por séculos de tradições.”

BENEFÍCIOS DOS ÓLEOS NO CABELO

Um estudo de 2021 diz o seguinte. Aplicar óleo regularmente pode melhorar a lubrificação da haste e ajudar a prevenir a quebra do cabelo. Rele e Mohile em 2003 estudaram as propriedades do óleo mineral, óleo de coco e óleo de girassol no cabelo. Entre os três óleos, o óleo de coco foi o único que reduziu a perda de proteína em cabelos danificados e não danificados quando usado como um produto de limpeza, pré e pós-lavagem. Tanto os óleos de girassol quanto os minerais não ajudam a reduzir a perda de proteínas do cabelo. Esta diferença nos resultados pode surgir da composição de cada um destes óleos. O óleo de coco, por ser um triglicerídeo do ácido láurico (principal ácido graxo), tem alta afinidade pelas proteínas do cabelo e, devido ao seu baixo peso molecular e cadeia linear reta, é capaz de penetrar na haste capilar. Já óleo mineral, um hidrocarboneto, não penetra. O óleo de girassol é um triglicerídeo do ácido linoléico com estrutura volumosa e ligações duplas e possui penetração limitada na fibra, não atingindo o córtex. O óleo mineral e o óleo de girassol podem ter efeito de filme e adsorver- sena superfície da cutícula aumentando o brilho e diminuindo o atrito e, para isso, evitam danos aos cabelos

 Outra pesquisa também sugere que o óleo de amêndoa podem criar uma barreira protetora contra os raios UV do sol.

PRA QUEM É RECOMENDADO A LUBRIFICAÇÃO DO COURO CABELUDO

Bom já sabemos dos benefícios da lubrificação porém talvez ela não funcione para todos, então  pessoas com o couro cabeludo e fios secos, ásperos, quebradiços pode se beneficiar. Enquanto os cabelos finos e lisos podem pesar, a dica é testar e vê se funciona para você. Se a aplicação de óleo capilar funcionará ou não para você pode depender de:

  • Quão seco ou oleoso é o seu cabelo naturalmente.
  • Quaisquer condições médicas que você possa ter.
  • Estilo ou cor anterior.
  • Idade.
  • Origem étnica.
  • Rotina

COMO MASSAGEAR O COURO CABELUDO

A massagem capilar é um método excelente para manter a oleosidade do couro cabeludo em equilíbrio, já que estimula a circulação sanguínea no topo da cabeça aumentando o seu nível de oxigenação e melhorando o transporte de nutrientes.

Além disso, a prática também auxilia no crescimento dos fios e contribui para o seu fortalecimento.

  • Faça a massagem antes e/ou durante a lavagem, com as pontas dos dedos e em movimentos circulares ao redor de toda a cabeça, evitando usar as unhas para não ferir a pele ou quebrar os fios.
  • Faça de 2 a 5 minutos
  • Também pode ser feita antes de dormir todas as noites

QUAIS ÓLEOS DEVO USAR PARA A LUBRIFICAÇÃO

Lembrando que os óleos com silicone não podem ir no couro cabeludo apenas para finalizar ou pré-shampoo nas pontas, já os óleos essenciais podem ser usados no comprimento e pontas porém sempre diluídos com os óleos  vegetais (a cada 20ml do óleo vegetal usa-se de 4  a 7 gotas do seu óleo essencial). Já os óleos vegetais 100% puros podem ir no couro cabeludo e usados para umectação.

Óleos vegetais para o couro cabeludo:

Atenção sempre diluir os óleos essenciais 

  • Óleo  essencial de lavanda/crescimento
  • Óleo  de hortelã crescimento/ efeito vaso dilatador
  • Óleo de alecrim/crescimento e aromaterapia
  • Óleo essencial de cedro/dermatite reduzindo caspa e fungos alopecia
  • Óleo de melaleuca/ crescimento, queda, fungos e bactérias
  • Óleo de semente de uva
  • Óleo de rícino
  • Óleo de abacate
  • Óleo de jojoba
  • Óleo de argan
  • Óleo de mamona/castor oil
  • Óleo de coco
  • Óleo de rosa mosqueta
  • Óleo de amêndoa
  • Óleo de gergelim

COMO APLICAR OS ÓLEOS NO COURO CABELUDO

  1. Primeiro penteie o cabelo para retirar todos os nós
  2. Aplique o óleo escolhido no couro cabeludo de 13/15 gotas ou ate sentir que aplicou em tudo
  3. Faça massagem com as pontas do dedos de 2 a 5 min
  4. Deixe agir de 2 a 4 horas(não dormir com o óleo no cabelo)
  5. Lavar normalmente com shampoo(fazer 2 lavagens) e condicionador ou shampoo e máscara

QUAL A FREQUÊNCIA DE USO

  • Para cabelos secos e quebradiço pode ser feito de uma a duas a vezes por semana.
  • Se você tem cabelos normais a oleosos, pode usá-lo uma vez por semana ou em semanas alternadas
  • Para couro cabeludo muito seco e com coceira e descamação também pode ser aplicado duas a três vezes por semana
  • As estações podem influenciar muito na necessidade de menos ou mais óleo. Os meses secos e mais frios podem exigir um pouco mais, enquanto o tempo úmido pode exigir um pouco menos.

MINHA EXPERIÊNCIA COM A LUBRIFICAÇÃO DO COURO CABELUDO

Essa foi a primeira vez que fiz a lubrificação do couro cabeludo + umectação dos fios e o meu cabelo ficou incrível macio, soltinhos e com muitoooo brilho. Eu tenho dermatite seborreica e foi um dos motivos que me fizeram começar com a lubrificação, pois quando minha dermatite fica muito intensa eu tenho descamação do couro cabeludo e isso acaba gerando coceira também.

2 de Novembro de 2023

Essa foi a segunda vez que fiz e gostei mais ainda, os fios ficam mito maleáveis, macios e com muito brilho

10 de Novembro de 2023
10 de Novembro 2023
10 de Novembro 2023 resultado do cabelo

Essa foi a 3º vez e já notei que o meu couro cabeludo tinha diminuído muito a descamação, a água dura aqui da Holanda deixa a pele os fios muito secos e a lubrificação me ajuda muito com isso.

21 de Novembro de 2023

Depois eu fui para o Brasil e fiquei 3 meses lá sem fazer a lubrificação e quando voltei essa foi a segunda vez que fiz e gravei para vocês, cada vez que eu faço eu gosto mais

9 de Maio de 2024

🛍️ Onde comprara o fraco aplicador na magazine Frasco Bisnaga Aplicador de Tintura para Cabelo 120ml – Suzan

🛍️ Ou no mercado livre Pente Frasco Aplicador Tintura Para Cabelo Garrafa Capilar Cor Pink

Continuo usando o óleo da Mielle que é de alecrim me menta, também estou intercalando com o óleo da Yari também de alecrim e menta, comprei o óleo de gergelim, coco e de jojoba para testas então embreve mais vídeos lá no canal sobre lubrificação 😍

9 de Maio 2024

Lembrando que o meu cabelo é naturalmente mais seco, e como a água daqui da Europa em geral é muito alcalina(ácida) meu cabelo fica uma palha. Quem tem cabelo descolorido, com luzes também da muito certo a aplicação de óleo ai não necessariamente precisa ser no couro cabeludo.

`

 

SITES DE PESQUISA: https://www.vogue.in/content/oiling-really-good-your-hair

https://uk.gisou.com/blogs/blog/is-oiling-good-for-hair

https://www.cosmopolitan.com/style-beauty/beauty/a60571284/hair-oiling-benefits-how-to/

https://health.clevelandclinic.org/oiling-hair

https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC4387693/

https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC9231528/

Total
0
Shares

Aparelho De Alta Frequência Portátil Bivolt – Portable High Frequency

Olá meus amores, tudo bem com vocês?! No poste de hoje vim contar um pouco sobre a “Máquina…

Deixe uma resposta

You May Also Like